Ingredientes que amamos, Papo na Cozinha
Leave a comment

No dia nacional do café – 7 curiosidades e dicas sobre o café.

Cheiro de café

Não preciso nem dizer que hoje é o dia Nacional do café?

E como não amá-lo?

Essa bebida aromática, é uma das bebidas mais consumidas no mundo todo.

Grãos de Café

Grãos de Café

1 – O café surgiu na Etiópia

Café surgiu na Etiópia

A preparação do café na Etiópia.

Até o ano 1.000 d.C., o café, originário da Etiópia, era usado somente para alimentar os rebanhos durante as longas viagens. Como um estimulante.

Diz a lenda que um dia um pastor da Etiópia, levou até um monge conhecido seu, o fruto de uma planta que, segundo ele, deixava o rebanho alegre e disposto quando a ingeriam.

O monge intrigado resolveu experimentar uma infusão daqueles frutos amarelo-avermelhados e percebeu que realmente a infusão dos frutos lhe ajudava a ficar mais tempo acordado durante suas meditações. A partir daí o fruto começou a ser utilizado como alimento cru e estimulante, mas ainda demoraria um pouco até que seu uso se disseminasse.

2 – Por que servem água com gás junto com café expresso?

A água com gás deve ser bebida antes do café e não depois como muitos pensam e fazem.

Serve para limpar, purificar o paladar. Deixa as pupilas gustativas mais sensíveis para apreciar mais intensamente o café.

3 – As cafeterias de Amsterdã

Coffeeshop Amsterdam

Coffeeshop Amsterdam

Os holandeses tem uma forte tradição com café.

O passatempo favorito deste povo, deve muito por Amsterdã ter sido a porta de entrada dos grãos, por seus portos, com destino à toda Europa.

O charme dos cafés de Amsterdam

O charme dos cafés de Amsterdam

Os visitantes logo descobriram que nos coffeeshops não somente café se podia desfrutar, mas comidinhas rápidas, bebidas alcoólicas, boa leitura e música, além de outras cocitas más.

Para quem se interessar, estes links são bem bacanas:

http://www.iamsterdam.com/en/visiting/what-to-do/eating-and-drinking/bars-and-cafes/grand-cafes

http://www.360meridianos.com/2014/01/coffeeshops-amsterdam.html

4 – O cheiro do café é bom para:

Cheiro de café

Cheiro de café

  •  Tirar cheiro de ovo da vasilha;
  • Neutralizar cheiro de perfume;
  • Serve para acordar o cérebro;
  • Eliminar com o forte cheiro de esgoto, enxofre.

5 – O Expresso em sua casa – O Nespresso

capsulas

Sou apaixonada pela minha máquina Nespresso. Cada dia escolho um sabor, conforme meu astral.

Em 1970, o departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da Nestlé recebeu uma missão: criar um sistema que fosse capaz de fazer um café espresso com a mesma qualidade daquele preparado pelos melhores baristas italianos.

Após anos de intensas pesquisas e investimentos eles conceberam uma máquina elétrica, na qual se depositava uma cápsula de alumínio hermeticamente fechada contendo cinco gramas de um pó feito a partir de uma mistura (blend) de cafés selecionados, na qual utilizava cápsulas de café moído em porções específicas, que protegiam mais de 900 aromas.

Veja receitas para fazer com café Nespresso:

http://www.nespresso.com/ultimate-coffee-creations/BR/pt/cafe-receitas

6 – O Irish Coffee – O café irlandês

irish coffe

A bebida foi inventada na década de 40 e era servida para aquecer os passageiros dos que chegavam da América do Norte pelo Atlântico.

Dizem, que foi criado em um dia no qual um vôo partindo de Foynes teve que voltar devido às péssimas condições climáticas e o restaurante do aeroporto foi avisado para ter comidas e bebidas prontas para o retorno. Sheridan, o inventor, tinha café pronto e resolveu adicionar algo para estimular os passageiros – uma quantidade pequena de uísque.

Um passageiro americano perguntou “Isto é café brasileiro?” ele respondeu, “Não, é café irlandês!”

Como fazer:

  • 4 xícaras de café forte e quente
  • açúcar a gosto
  • 1 xícara e 1/2 de whisky
  • creme de leite fresco batido (chantily).

Misture todos os ingredientes, exceto o chantily.

Cubra a taça com o chantily para decorar e dar cremosidade.

7 – Johan Sebastian Bach escreveu uma ópera sobre uma mulher que era viciado em café

J. Sebastian Bach demostrou toda sua apreciação pelo café ao compor em 1732 a opéra Kaffe-Kantate.

É a história de um pai que percebeu que sua filha era apaixonada por café, numa época em que o café era uma bebida exclusivamente masculina e a sociedade ainda não aprovava o consuma pelas mulheres na Alemanha do século XVIII. Naquela época o café era tido como “um negro veneno” que causava descontrole e esterilidade.

No final apesar de todo esforço do pai, ela continua a beber seu café com uma paixão ainda maior.

“Respirar em bebida seu grão perfumado”- Joseph-Aphones Esménard (1769-1811)

“Beber em cada gota um raio de sol”- Jacques Delille (1738-1813)

 

Vou adorar saber a sua opinião. Deixe um comentário :)